Criminosos fazem reféns e explodem banco em Miraíma no Estado do Ceará

Os reféns estavam próximo ao banco e foram usados como escudo humano. Disparos foram efetuadas para cima, mas não houve troca de tiros com a Polícia e ninguém ficou ferido 
Explosão no banco do Miraíma (Foto: Via WhatsApp do O POVO)

Uma quadrilha atacou uma agência bancária do Bradesco, na noite desta quarta-feira, 31, em Miraíma. Os criminosos renderam pessoas que estavam na rua Lindolfo Braga para usar como escudo humano, efetuaram disparos para cima e explodiram o banco, no Centro da cidade. Não houve troca de tiros com a Polícia, e ninguém ficou ferido. A quantia levada não foi informada. 

A ação foi registrada às 23h50min e durou cerca de 15 minutos, de acordo com a Polícia Militar de Itapipoca, que dá apoio à equipe policial da cidade. Após a explosão e o recolhimento do dinheiro, os criminosos soltaram os reféns e fugiram em dois carros - uma Hillux preta e um Gol prata. 

O Gol foi encontrado pela Polícia incendiado, na localidade Ponto da Onça, a 12 km do Centro de Miraíma. A Hillux foi vista por populares na localidade de Mendes, indicando fuga em direção à CE-040, no sentido de Sobral.

Segundo o sargento Noélio Ferreira, do batalhão de Itapipoca, o policiamento continua realizando buscas na região para identificar e prender a quadrilha. Também foi solicitado reforço policial das cidades de Amontada, Irauçuba, Itapajé, Sobral, Santana do Acaraú, além do Policiamento Ostensivo Geral (PGO) e Comando Tático Rural (Cotar). 

"O Ciopaer também está à disposição para checar qualquer informação sobre o paradeiro dos criminosos. As diligências continuam para dar uma dar uma resposta concreta sobre o fato", comunicou Ferreira. No chão da agência bancária, foram encontradas cápsula deflagradas de munição de fuzil e pistola. 

Com esse ataque, subiu para 23 o número de ataques a bancos no Ceará, de acordo com levantamento do O POVO Online, com base nos dados do Sindicato dos Bancários do Ceará. A contagem não inclui as ações conhecidas como "saidinhas bancárias", ataque a carro-forte e tentativas de arrombamento ou de explosão frustradas.

Até a noite anterior, o último ataque a banco no Estado havia sido registrado no dia 24 de maio. Na ocasião, um grupo armado invadiu e roubo o dinheiro do posto avançado do Bradesco, em Aratuba.

No último dia 1º de abril, duas agências foram atacadas no mesmo dia, em Jaguaruana. Esse ataque em Jaguaruana gerou repercussão devido à violenta troca de tiros com a Polícia, que terminou com cinco presos e sete mortos. 

AMANDA ARAÚJO
Compartilhe no Google Plus

Sobre Manoel Martins

Sou Casado, pai de 3 filhos, apaixonado pela minha família e pela minha querida cidade Jaguaruana... Jaguaruana Verdade, Porque Mentira tem Pernas Curtas!

0 comentários:

Postar um comentário