Mais uma polêmica que envolve a Secretaria de Educação do Município de Jaguaruana, da Gestão Passada, toma conta das Redes Sociais.


Uma informação que foi publicada em rede social pela representante da APEOC na cidade de Jaguaruana, Senhora Maria Estenilda Oliveira, caiu como uma bomba diante a alguns Vereadores de Jaguaruana que contestavam ser ilegal a gratificação dada pelo atual Prefeito de Jaguaruana, senhor Roberto da Viúva e a Secretaria de Educação, senhora Débora Aldyane Barbosa aos profissionais da área. O assunto gerou uma grande repercussão em Jaguaruana e causou estranheza pelo fato de Vereadores, que hoje são contrários à gratificação, na gestão passada silenciaram diante a fatos estranhos em que, segundo documentação mostrada, existia profissionais que recebiam até insalubridade.

Vamos expor da forma como foi publicado pela representante da APEOC aqui em nossa cidade, o relato da reunião que a mesma teve com o Senhor Prefeito de Jaguaruana, Roberto da Viúva, com a secretária de educação senhora Débora Barbosa, a Procuradora do Município, Dra Rayanne Moreira, a chefe do Setor Pessoal Roberlania Nogueira e o Diretor Financeiro da Secretaria de Educação Narciso Moreira. Vejam:

ATENÇÃO DIRETORES E COORDENADORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Ontem estive em uma reunião com o Prefeito Roberto Barbosa Moreira, a Secretária de Educação Débora Aldyane Barbosa Carvalho, a procuradora Drª Marina Rayanne Barbosa Moreira, a chefe do Setor Pessoal Roberlania Nogueira e o Diretor Financeiro da Secretaria de Educação Narciso Moreira, Estivemos discutindo sobre as gratificações que foram colocadas no salário de vocês e questionadas por vereadores da oposição. Segundo eles, estas gratificações eram ilegais. Pois bem, vamos retomar ao passado. Estive olhando as folhas de pagamento dos últimos quatro anos e constatei diversas irregularidades. Entre elas, professores com 300 horas, gratificações e inúmeras atecnias. Para vocês terem uma ideia tinha professor que recebia insalubridade. 13º salário de 2013 a 2015 foi pago sem as devidas gratificações. Claro que já demos entrada com uma ação na justiça. Agora eu pergunto: -"O que é ilegal mesmo?"

O Sindicato APEOC está trabalhando para resolver essa situação juntamente com a Secretária de Educação. Débora Aldyane Barbosa Carvalho também é professora e sua intenção é a melhor possível. Não fomos nós que mandamos retirar as gratificações. Nosso objetivo é valorizar a categoria e estamos lutando para isso. Quem diz que o sindicato não está fazendo nada, por favor se informe melhor.

Vejam uma pequena amostra do que é ilegal e imoral. Agora venha à minha casa tirar satisfações e eu mostro o relatório do TCM.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Manoel Martins

Sou Casado, pai de 3 filhos, apaixonado pela minha família e pela minha querida cidade Jaguaruana... Jaguaruana Verdade, Porque Mentira tem Pernas Curtas!

0 comentários:

Postar um comentário