PT VOTA CONTRA PEC QUE DÁ INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA À POLÍCIA FEDERAL

POSIÇÃO É RETALIAÇÃO À LAVA JATO PELAS CONDENAÇÕES DE PETISTAS
POSIÇÃO É RETALIAÇÃO À LAVA JATO PELAS CONDENAÇÕES DE PETISTAS

Deputados do PT, e dos partidos anexos, se posicionaram contra a admissibilidade da PEC 412, que dá autonomia financeira e orçamentária à Polícia Federal, durante reunião na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara nesta terça. "Não querem nem discutir", disse um parlamentar favorável.

A rejeição ao projeto foi classificada por outros parlamentares como retaliação aos avanços das investigações no âmbito da operação Lava Jato. "Todos nós sabemos do sistema podre que está aí e da tramoia para tentar enfraquecer a operação Lava Jato", disse o deputado Éder Mauro (PSD-PA).

Nos discursos anteriores, os deputados Luiz Couto (PT-PB), Chico Alencar (Psol-RJ) e Wadih Damous (PT-RJ) atacaram a PEC como uma tentativa de criar um novo Poder. Para Damous, a PEC é uma "ameaça ao estado democrático de direito", repetiu o mantra petista.

Os parlamentares lembraram que, enquanto estava no governo e no comando da PF, o PT usava um discurso de fortalecimento da instituição, mas assim que as investigações começaram a resultar em condenações de políticos do partido, o PT abandonou, subitamente, o apoio.

Quando a derrota ficou clara, o deputado Paulo Teixeira (PT) apresentou requerimento para adiar a votação por cinco sessões. Em votação, a CCJ aprovou o requetimento e deve retornar ao assunto antes do recesso.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Manoel Martins

Sou Casado, pai de 3 filhos, apaixonado pela minha família e pela minha querida cidade Jaguaruana... Jaguaruana Verdade, Porque Mentira tem Pernas Curtas!

0 comentários:

Postar um comentário