Ciro Gomes culpa imprensa por "exacerbação moralista" da sociedade e diz que vai prender manifestantes, se for eleito


O ex-ministro Ciro Gomes voltou a revelar traços de sua personalidade doentia e torpe durante entrevista ao site petista Brasil247, ao afirmar que a indignação da sociedade com a escalada na corrupção patrocinada pelo PT de Lula e Dilma ao longo dos últimos treze anos é uma "exacerbação moralista".

Ciro afirma que a revolta da sociedade com o desvio de bilhões do dinheiro do contribuinte é uma "passionalização" da situação, e atribui a onda de cidadania que varreu o Brasil nos últimos anos ao descuido de setores da imprensa em conter certas informações e chama de "fascistoides" os jornalistas que cobrem os escândalos de corrupção revelados pela Operação Lava Jato, outro alvo de críticas do político.

No mesmo trecho do vídeo abaixo, Ciro demonstra sua intolerância com a democracia e afirma que, caso se eleja presidente, mandará prender manifestantes. Segundo o ex-ministro, as manifestações democráticas tem que ser confrontadas de forma enérgica, e num eventual governo dele, "vai tudo pra cadeia". Companhe as declarações tresloucadas do sujeito cada vez mais estigmatizado por vocalizar bobagens:

Compartilhe no Google Plus

Sobre Manoel Martins

Sou Casado, pai de 3 filhos, apaixonado pela minha família e pela minha querida cidade Jaguaruana... Jaguaruana Verdade, Porque Mentira tem Pernas Curtas!

0 comentários:

Postar um comentário